Livro aborda a saúde vocal do Operador de Telemarketing

04/05/2013 23:00

 

O livro Gritos e Silêncios: degradação do trabalho e estados de saúde da voz, do Dr. Herval Pina, lançado no dia 07 de março em debate no DIEESE, resulta de 10 anos de pesquisas e analisa as condições de trabalho a que estão submetidos os trabalhadores em telemarketing e professores e as consequências para a saúde derivadas dessas condições

 

A Diretoria do Sintratel compareceu com orgulho ao lançamento do Livro do Dr. Herval Pina, Gritos e Silêncios, realizado no dia 07 de março na sede do DIEESE, em São Paulo. Orgulho por ter sido colaborador e incentivador deste importantíssimo trabalho.

 

O livro enfatiza uma contradição. O telemarketing é uma área de atuação recente, que surgiu no mercado fruto das inovações tecnológicas. É um trabalho supostamente moderno, próprio da sociedade tecnológica. Mas a organização do trabalho nesta área é antiquada. Remete ao mesmo modelo difundido no começo do século XX, acrescido de métodos sofisticados de pressão sobre os trabalhadores, de coerção para incrementar a produtividade e bater metas. O problema é que a pressão leva ao adoecimento, e é esse o principal foco da pesquisa do Dr. Herval. O que é fundamental, pois os transtornos coletivos da voz resultantes desse processo de trabalho devem ser conhecidos e ganhar projeção social.

 

Este trabalho importantíssimo resultou em um livro de combate, que expõe o problema e propõe ações sobre ele. Ou seja, é um texto de denúncia das condições espúrias a que são submetidos esses trabalhadores e de proposições para a superação das mesmas. E ganha ainda mais representatividade e fundamentação por tratar-se de um livro construído com o envolvimento direto dos agentes envolvidos, no caso o Sindicato dos Trabalhadores em Telemarketing, o Sintratel, que colaborou com a pesquisa. Ou seja, o livro busca entender as causas reais do adoecimento, relacionadas às condições em que o trabalho se dá.

 

Dr. Herval responde

Voz Ativa: Como o Sintratel colaborou para a produção do livro?

Dr. Herval: Representantes do Sintratel participaram de um processo de pesquisa participativa,  desenvolvida entre 2001 e 2011, em laboratório de ideias sob a forma de oficinas de trabalho, primeiro com os Sindicatos, trabalhadores e pesquisadores, e depois com a participação, também, de cientistas sociais, que teve apoio da PUC-SP e da USP. Num segundo momento participaram de um curso de extensão. O Sintratel também deu suporte financeiro ao projeto.

Voz Ativa: Que problemas foram encontrados pela pesquisa?

Dr. Herval: Transtornos coletivos de voz, que vão desde o cansaço para falar até o silêncio absoluto. Eles resultam da expropriação da fala do trabalhador, que é sua forma sonora de proclamar necessidades, ideias e sentimentos. A voz passa a ser usada, a partir da relação de trabalho, como instrumento de venda e envoltório de mercadoria. Com isso, torna-se instrumento de trabalho degradado, mercadoria barata, reprimida, sujeita ao script imposto.

Voz Ativa: E quais as propostas de combate sugeridas?

Dr. Herval: A principal sugestão é a adoção de uma política pública de antecipação, que teria como um dos instrumentos de averiguação e acompanhamento coletivo das relações de trabalho com os estados de saúde da voz, um questionário a ser aplicado em populações vulneráveis, como os operadores de telemarketing. A ideia é adotar a utilização massiva e periódica do questionário. E quero discutir essa aplicação com o Sindicato.

 

 

Sintratel fará lançamento do Livro

 

O Sintratel promoverá uma apresentação do livro para os trabalhadores em Telemarketing, com a  participação do Dr. Herval Pina, que ocorrerá em data e local a serem definidos em breve. Aguarde!

 

www.sintratel.org.br/site/index.php/component/content/1056.html?task=view

Fonte e créditos: SINTRATEL

Voltar